O Oscar 2014 terminou em pizza. Com uma premiação previsível, a disputa pela cobiçada estatueta polarizou-se entre Gravidade e 12 Anos de Escravidão com a consagração do último como Melhor Filme, enquanto Alfonso Cuarón e sua equipe levaram vários prêmios técnicos pra casa.

bradpizza

Veja abaixo a lista dos vencedores com breves comentários das principais categorias:

01 – Melhor Filme – 12 ANOS DE ESCRAVIDÃO

Merecido. Ao contrário do senso comum, não é uma escolha politicamente correta. Tecnicamente 12 Anos de Escravidão é  um ótimo filme, além de apresentar tema espinhoso que exige reflexões. Premiar Gravidade que sequer concorreu em categorias como Melhor Roteiro e tinha parcas chances em Atuação (Sandra Bullock) seria atestar que bastam recursos tecnológicos para realizar um bom filme, fato que não é verdade.

02 – Melhor Ator – MATTHEW MCCONAUGHEY (CLUBE DE COMPRAS DALLAS)

Matthew poderia dividir o prêmio com Leonardo Di Caprio. Porém se analisarmos o ano do ator e as outras produções que participou (e tem participado) é justo que ganhe; seu personagem em Clube de Compras Dallas talvez seja o mais interessante entre os que interpretou no cinema.

03 – Melhor Atriz – CATE BLANCHETT (BLUE JASMINE)

Cate era unanimidade em todas as previsões, teve atuação formidável em Blue Jasmine, mas Meryl Streep não pode ser esquecida. Nesta categoria precisamos colocar Meryl em um patamar acima das demais.

04- Melhor Ator Coadjuvante – JARED LETO (CLUBE DE COMPRAS DALLAS)

Jared Leto se valeu do esforço e da ótima direção de atores em Clube de Compras Dallas. Acompanhou bem Matthew, ao contrário de Jannifer Garner, que poderia ser trocada por um pé de alface.

05 – Melhor Atriz Coadjuvante – LUPITA NYONG’O (12 ANOS DE ESCRAVIDÃO)

Lupita aparece em poucas cenas de 12 Anos de Escravidão, porém se destaca. A jovem atriz confirmou as previsões e ficou com o prêmio apesar de June Squibb roubar a cena em Nebraska.

06 – Melhor Diretor – ALFONSO CUARÓN (GRAVIDADE)

Cuarón é um diretor moderno, conseguindo dar destaque a um filme fraco, sustentado pela parte técnica. O trabalho de Martin Scorsese é muito melhor, diretor clássico que torna O Lobo de Wall Street uma aula de direção.

07 – Melhor Roteiro Original – SPIKE JONZE (ELA)

A ideia original de Ela tinha Nebraska como principal concorrente, mas Spike Jonze consegue captar bem as frustrações de uma sociedade cada vez mais dependente da tecnologia, inclusive nas relações sociais e sentimentais.

08 – Melhor Roteiro Adaptado – JOHN RIDLEY (12 ANOS DE ESCRAVIDÃO)

Merecido. O principal comentário é o fato de John Ridley passar direto por Steve McQueen e não agradecê-lo. O mesmo ocorreu no discurso de McQueen, fato que indica certo atrito entre os dois na produção do filme.

09 – Melhor Animação – FROZEN

Frozen teve ótima bilheteria, destacando novamente a Disney que teve a Pixar como grande concorrente em um passado recente. A fusão dos estúdios de animação fez bem à Disney, que aparentemente está conseguindo se modernizar.

10 – Melhor Filme Estrangeiro – A GRANDE BELEZA (ITÁLIA)

Outro favorito. Infelizmente o dinamarquês A Caça, de Thomas Vinterberg, não ganhou o prêmio.

11 – Melhor Fotografia – EMMANUEL LUBEZKI (GRAVIDADE)

Uma categoria difícil já que todos os concorrentes se destacam; o último que escolheria foi o grande vencedor. Nebraska poderia ser lembrado aqui, apesar de preferir a fotografia de O Grande Mestre de Wong Kar Wai.

12 – Melhor Edição -MARK SANGER (GRAVIDADE)

Gravidade tem uma boa edição inicial mas decai do meio pro final. A edição de Capitão Phillips é sensacional, trazendo tensão ao filme em diversos momentos.

13 – Melhor Documentário – A UM PASSO DO ESTRELATO

A única surpresa da noite. O Ato de Matar é um grande documentário, mas ficou sem a estatueta. Aguardaremos a estréia do vencedor por aqui para realizar uma análise.

14 – Melhor Design de Produção – O Grande Gatsby

15 – Melhor Figurino – O Grande Gatsby

16 – Melhor Maquiagem – Clube de Compras Dallas

17 – Melhor Trilha Sonora – Gravidade

18 – Melhor Canção Original – Let it Go (Frozen)

19 – Melhor Mixagem – Gravidade

20 – Melhor Edição de Som – Gravidade

21 – Melhores Efeitos Visuais – Gravidade

22 – Melhor Curta Documentário – The Lady in Number 6

23 – Melhor Curta de Animação – Mr. Hublot

24 – Melhor Curta – Helium

BhxWutnCEAAtEQ6

DESTAQUE FINAL

Ellen DeGeneres deu um caráter informal à festa e por diversas vezes se misturou à platéia, o que tornou sua atuação imprevisível. Ela tirou fotos, serviu pizza e fez várias piadas em uma tentativa de simplificar uma festa tão glamorosa. Ellen deverá voltar à frente da premiação no próximo ano.

Os grandes injustiçados:

O Lobo de Wall Street – ficou sem prêmios. Martin Scorsese, Leonardo Di Caprio e Jonah Hill foram vítimas da forte concorrência e dos vícios da Academia.

Nebraska – ficou sem prêmios. Alexander Payne e seu filme indie perderam o Oscar de Melhor Roteiro Original e Melhor Atriz Coadjuvante, categorias em que tinha melhores chances.

Trapaça – ficou sem prêmios. Amy Adams e Jennifer Lawrence estavam bem cotadas para os prêmios de atuação. Figurino e Design de Produção também.

Anúncios