Mais dois pequenos textos de minha curta passagem pela Mostra. 
Lembrando que além dos meus “drops” há também dois belos textos de Thiago Barbosa já publicados e outros dele e da Isabella Nascimento ainda por vir, também sobre a Mostra.

Liv & Ingmar (Dheeraj Akolkar, 2012):
“Liv & Ingmar” é antes de tudo, um filme muito humano. Feito a partir de depoimentos de Liv Ullman, conhecemos trechos desta relação que durou mais de 50 anos. O diretor consegue tirar muita verdade de Liv, e adiciona trechos de filmes de Bergman aos depoimentos, ilustrando-os como quem tenta dizer que os filmes dele eram reflexos diretos de sua vida particular, pode ser. Sempre acho um privilégio poder ter contato com algumas imagens de arquivo e histórias de bastidores, por isso o filme me agradou muito. Liv nos conta tantas coisas, tão a vontade e com um tom tão inocente que não há como não se apaixonar pela história e por ela, novamente.

A Parte dos Anjos (Ken Loach, 2012):
Comédia engraçadíssima de Ken Loach, sobre um grupo de pequenos criminosos que começa a se interessar por whisky, frequentar degustações e coisas do tipo. Para quem é conhecido por filmes de cunho mais social e menos otimistas, Loach se sai muito bem e consegue tirar o melhor (ou mais estranho) de cada personagem para nos fazer rir. O filme tem seus momentos mamão-com-açúcar, mas consegue manter a qualidade. Bom pra ver num domingo a tarde.

Anúncios