Existem fenômenos da natureza que superam qualquer efeito especial. Eis o caso do tsunami provocado pelo terremoto de sexta passada no Japão. Não bastasse o forte tremor de terra com consideráveis danos à estrutura do país, as imagens cinematográficas assustam qualquer espectador entediado com a última safra de filmes apocalipticos. Trata-se da constatação de nossa fraqueza frente as manifestações reais. É forte a observação de uma onda que viaja a 700Km/h engolindo qualquer estrutura ou objeto em seu caminho. O país mais desenvolvido do mundo sofre com suas perdas enquanto observamos boquiabertos um desfile considerável de videos e imagens desastrosas.

Na semana passada já ficara impressionado com a cena inicial de Além da Vida (Clint Eastwood, 2010), porém mais impactante fora a mesma sem efeitos especiais. O cinema dificilmente conseguiria representar a destruição do aeroporto de Sendai com a mesma carga dramática. As imagens documentadas não acompanham refrigerante ou pipoca apenas um gosto triste de impotência e tristeza. Ninguém merecia tal desastre, menos ainda um país que já se reerguera pós massacre atômico. Vale lembrar as inúmeras pessoas salvas pela tecnologia de prevenção. Sinônimo de sabedoria , o Japão voltará a ser o país das noticias avançadas após Godzilla ter invadido suas cidades como em um trágico filme de Roland Emmerich.

Força Japão!

Kyōsei-teki ni Nippon!

Anúncios