riojaneiro

Parabéns a organização do Festival do Rio pela belíssima seleção deste ano. Destaque para a Mostra Panorama do Cinema Mundial.

London River, de Rachid Bouchareb (França)
Corações em Conflito (Mammoth), de Lukas Moodysson (Suécia)
Ricky, de François Ozon (França)
Doce Perfume (Tatarak), de Andrzej Wajda (Polônia)
It Might Get Loud, de Davis Guggenheim (Estados Unidos)
Singularidades de Uma Rapariga Loura, de Manoel de Oliveira (Portugal)
Barba Azul (Barbe Bleue), de Catherine Breillat (França)
A Doutrina de Choque (The Shock Doctrine), de Michael Winterbottom, Mat Whitecross (Reino Unido)
The White Ribbon, de Michael Haneke (Alemanha)
A Casa Nucingen (La Maison Nucingen), de Raoul Ruiz (França)
35 Doses de Rum (35 Rhums), de Claire Denis (França)
O Maravilhoso Mundo Da Lavanderia (Die Wundersame Welt der Waschkraft), de Hans-Christian Schmid (Alemanha)
Mother (Madeo), de Bong Joon-ho (Coréia do Sul)
Amália, de Carlos Coelho da Silva (Portugal)
As praias de Agnes (Les Plages d’Agnès), de Agnès Varda (França)
Maradona (Maradona by Kusturica), de Emir Kusturica (Espanha)
Bastardos Inglórios (Inglourious Basterds), de Quentin Tarantino (EUA)
Abraços Partidos (Los Abrazos Rotos), de Pedro Almodóvar (Espanha)
Distante Nós Vamos (Away We Go), de Sam Mendes (EUA)
Coco antes de Chanel (Coco Avant Chanel), de Anne Fontaine (França)
(500) Dias com ela ((500) Days of Summer), de Marc Webb (EUA)
Fais-moi Plaisir, de Emmanuel Mouret (França)
Les Herbes Folles, de Alain Resnais (França)
Aconteceu em Woodstock (Taking Woodstock), de Ang Lee (EUA)
Brilho de Uma Paixão (Bright Star), de Jane Campion (Reino Unido)
A Batalha dos 3 Reinos (Chi Bi), de John Woo (China)
O Desinformante (The informant!), de Steven Soderbergh (EUA)
Nova York, te amo (New York, I Love You), de Mira Nair, Fatih Akin, Yvan Attal, Allen Hughes, Shekhar Kapur, Shunji Iwai, Joshua
– Marston, Natalie Portman, Brett Ratner, Wen Jiang, Randall Balsmeyer (França)
Viagem aos Pireneus (Le Voyage aux Pyrénées), de Jean-Marie, Arnaud Larrieu (França)
Julie e Julia, de Nora Ephron (Estados Unidos)
Parada, de Marco Pontecorvo (Itália)
Che 2: A Guerrilha (Che: Part Two), de Steven Soderbergh (Espanha)
Mais Tarde, Você Vai Entender (Plus tard, tu comprendras… ), de Amos Gitaï (França)

Anúncios